Remover acentos com o sed ou o iconv (GNU/Linux)

Por vezes é útil remover acentos de um texto ou de palavras. Para tal podemos utilizar o sed, que normalmente já está instalado no GNU/Linux.

Basta criar um ficheiro como o seguinte...

#!/bin/sed -f

# Este programa remove os acentos, funciona tanto para espanhol como para
# português.
#
# Exemplo de utilização
# $ echo 'Eles também têm tempo.' | ./remover-acentos.sed

# Em maiúsculas
s/Á/A/g
s/É/E/g
s/Í/I/g
s/Ó/O/g
s/Ú/U/g

s/À/A/g

s/Ã/A/g
s/Õ/O/g

s/Â/A/g
s/Ê/E/g
s/Ô/O/g


# Em minúsculas
s/á/a/g
s/é/e/g
s/í/i/g
s/ó/o/g
s/ú/u/g

s/à/a/g

s/ã/a/g
s/õ/o/g

s/â/a/g
s/ê/e/g
s/ô/o/g

Dar-lhe permissão para executar (sudo chmod u+x remover-acentos.sed) e, depois, executar algo como echo 'Eles também têm tempo' | ./remover-acentos.sed, que retirará os acentos da frase, deixando-a assim: «Eles tambem tem tempo». Podemos passar qualquer texto para o programa através de um tubo. Assim, cat texto.txt | ./remover-acentos.sed removeria os acentos do texto no ficheiro texto.txt.

Outra opção é converter o texto para ASCII por transliteração com o programa iconv, que também está normalmente instalado no GNU/Linux. Assim, para converter um texto para ASCII, simplesmente tens de executar algo como iconv -f utf-8 -t ascii//translit texto.txt ou echo 'Não é uma árvore' | iconv -f utf-8 -t ascii//translit.

Recarregar a configuração do Bash (.bashrc)

Quando editas o ficheiro de configuração do Bash (~/.bashrc), tens de sair e fazer login para tornar efetivos as mudanças. Também podes usar o comando source ~/.bashrc ou . ~/.bashrc (eles são equivalentes).

Videojogo Super Bombinhas

Umas bombas viventes são as protagonistas deste jogo eletrónico de plataforma. A Bomba Azul é a única bomba que não foi capturada pelo maléfico Gaxlon. Deves salvar as outras bombas e o rei Aldan. Cada bomba tem uma habilidade especial: a Bomba Amarela pode correr depressa e saltar mais do que as outras, a Bomba Verde pode explodir, o rei Aldan pode parar o tempo, etc. Depois de salvar uma bomba podes mudar para ela durante a aventura.

No jogo existem 7 regiões muito diferentes. Cada uma delas tem um inimigo final. Deves usar todas as bombas sabiamente para avançar.

O jogo também tem um editor de níveis para criar novos níveis.

Editor de níveis

Como uma imagem vale mais que mil palavras, aqui está um pequeno vídeo:

Continúa leyendo Videojogo Super Bombinhas

Til (ã, õ) no teclado espanhol do GNU/Linux

Para escrever um til utiliza-se a combinação AltGr+4. Contudo, se quisermos adicionar o til, por exemplo, ao a (ã) ou ao e (õ), como acontece em português, não podemos usando essa combinação, pois apenas o símbolo til (~) aparece imediatamente. Existe a opção de pressionar a combinação AltGr+¡, soltar e pressionar a para escrever ã, mas se preferes fazê-lo com a tecla 4, aqui te explico como.

Para podermos escrever ã e õ temos de modificar o ficheiro /usr/share/X11/xkb/symbols/es (são necessárias permissões de administrador). Na linha da tecla 4 temos de trocar asciitilde por dead_tilde; isto é, trocar isto...

    key <AE04>  { [         4,     dollar,   asciitilde,       dollar ] };

por isto...

    key <AE04>  { [         4,     dollar,   dead_tilde,       dollar ] };

Uma vez guardada a modificação, é necessário reiniciar o sistema de entrada do núcleo (sudo udevadm trigger --subsystem-match=input --action=change) ou simplemente reiniciar o computador para que as alterações tenham efeito.

Agora podes pressionar AltGr+4, soltar as teclas e pressionar a para escrever ã. Se queres apenas digitar o til (~), podes apertar AltGr+ñ, AltGr+4 duas vezes ou AltGr+4 e espaço.